Bebê é esquecido em carro por quase quatro horas e morre no RS

19/01/2013 18:55

Pai, que é delegado em Santa Rosa, esqueceu de levar a filha única para a creche





 

Pai de uma menina de apenas 11 meses, o delegado titular da 2ª Delegacia da Polícia Civil de Santa Rosa (RS), José Enilvo Soares de Bastos, foi personagem de um caso trágico na tarde desta quinta-feira. Ao esquecer de levar a filha única para a creche, o policial foi direto ao trabalho e só lembrou que a bebê estava no carro cerca de quatro horas depois.

Foi o telefonema da mulher que o fez correr para ver a filha que havia sido esquecida no Golf estacionado na delegacia, localizada no bairro Cruzeiro.

Segundo o delegado Márcio Steffens, da regional de Santa Rosa, no noroeste do Estado, o colega de profissão chegou por volta das 14h no trabalho e trancou o carro. Quando ia sair para uma ocorrência, a mulher o ligou para saber informações da filha e ele correu para ver o veículo.

— Está todo mundo muito abalado com o que aconteceu — diz Steffens.

De acordo com informações do Hospital Vida & Saúde, Alice de Bastos chegou às 18h10min na instituição e, durante quase uma hora, foram realizados procedimentos para reanimá-la. Em estado de choque, o pai, que é natural de Santiago e trabalha há dois anos como delegado no município, foi internado e medicado com calmantes. Até as 23h45min desta quinta-feira, ele permanecia no hospital.

O delegado Márcio Steffens explica que um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte da menina.

 



Fonte: Diário Catarinense | Foto: Reprodução


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!