Incêndio destrói completamente uma casa e parcialmente outras duas

19/01/2013 18:49

Chapecó – A imagem da casa pegando fogo vai ficar por muito tempo na memória da família Borges. O pai, Jair, não conseguia nem falar de tanto que chorava. A mãe, Salete, e uma das filhas do casal, precisaram sentar e serem acalmadas pelos vizinhos. Aos poucos, também chegaram os outros três filhos de Jair e Salete. Nenhum conseguia acreditar no que estava vendo. “Nós batalhamos tanto para pagar o aluguel e conseguir o que temos, para perder assim. Não temos nem roupa para vestir”, desabafou Salete.

A família foi a mais afetada em um incêndio ontem à tarde, na rua Adolfo Konder, no Centro de Chapecó. A casa deles era de madeira e queimou completamente. Outras duas também foram danificadas.

Salete contou a nossa reportagem que foi para casa mais cedo do trabalho ontem à tarde. “Cheguei em casa, convidei minha filha para sairmos, precisávamos comprar um tênis para ela. Uns 15 minutos depois, meu marido me ligou dizendo que a casa estava pegando fogo. Ele e os outros filhos também estavam no trabalho e foram avisados pelos vizinhos”.

Um desses vizinhos é Tadeu Mendes da Silva. Ele mora em outro município, mas visitava a filha, que mora ao lado dos Borges. “Só escutamos uma moradora pedindo socorro. Ela mora em uma das casas que foi danificada e correu na nossa casa, pediu para ligarmos para os Bombeiros. Ligamos e fomos correndo ajudar. Tentamos entrar na casa que estava pegando fogo, a mais destruída, mas foi difícil. Tinha muita fumaça”.

Causas

A fumaça e o fogo demoraram para serem contidos até pelo Corpo de Bombeiros, que precisaram ficar cerca de três horas no local. Dois caminhões, duas ambulâncias e o efetivo de serviço foram deslocados para conter as chamas e auxiliar em possíveis feridos.

As causas do incêndio ainda são investigadas, mas a primeira possibilidade, segundo as pessoas que presenciaram o início do incêndio, é que ele tenha começado no forro da residência, em uma espécie de curto circuito. Somente um laudo dos bombeiros deve indicar o que realmente aconteceu na residência.

Para ajudar a família Borges

(49) 9109-8875 – falar com Jair (pai)

(49) 8418-3575 – falar com Dieze (filha)

 

3 / 4

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!