Primeiro mês da lei seca mais severa teve 111 prisões em Santa Catarina

22/01/2013 16:03

 

Polícia Rodoviária Federal prendeu 111 pessoas no primeiro mês da nova lei seca





 

O primeiro mês da nova Lei Seca terminou com 111 pessoas detidas e 184 multas em Santa Catarina. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) defende que a quantidade de flagrantes só não é maior pela falta de efetivo. Falta pessoal para operar os 60 bafômetros em uso no território catarinense.

Segundo o inspetor Luiz Graziano, responsável pelo núcleo de comunicação da PRF, as alterações na legislação deram maior autonomia aos policiais. Antes, era necessário que o condutor do veículo aceitasse realizar o procedimento para aferir o nível de álcool no sangue. Agora, não é mais necessário o teste para comprovar a infração.

“O trabalho ficou mais fácil. Quem se recusar, vai preso. É lógico que as pessoas paradas não gostam, mas a sociedade aprova. Estão cansados de ver pessoas dirigindo embriagadas sem qualquer punição”, argumentou o inspetor.

 

 

| Foto: Motorista do Fiat Pálio foi preso dirigindo na contramão da BR-101. 



Fonte: ND | Foto: Divulgação


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!