Uma despedida cheia de orgulho

01/12/2013 13:58

Uma despedida cheia de orgulho

Chapecó – Pra fechar com chave de ouro! A Chapecoense terminou o Campeonato Brasileiro pela Série B como começou: marcando gols e vencendo. Desta vez, contra um adversário de Série A, a expectativa era ainda maior. Afinal, a última rodada foi uma prévia de como será a temporada de 2014. Além disso, foi a provável despedida de alguns jogadores.

Em campo, o Verdão do Oeste preparou uma homenagem à Seleção Brasileira. Com uma camisa especial, desta vez a cor da Chape foi amarela. Os dois times ainda trocaram elogios com homenagens mútuas antes do apito inicial.

No início do jogo, o Palmeiras – pela primeira vez na Arena Condá – começou melhor mesmo com muitos reservas. Aos 3 minutos, a chance foi dos donos da casa. Alemão mandou para Bruno Rangel que chutou de perna esquerda para uma grande defesa de Fabio.

Já aos 15 minutos, a boa chance foi do Verdão paulista. Alan Kardec chutou forte e Nivaldo, muito bem posicionado, defendeu. Ainda teve um lance bastante polêmico, com a Chape reclamando de bola na mão da zaga do Palmeiras, porém, o juiz mandou seguir. Aos 42 minutos, um lance muito parecido. Desta vez, a arbitragem marcou pênalti para o Verdão do Oeste. O artilheiro Bruno Rangel foi quem cobrou. Ele chutou forte no cantinho e Fabio caiu para o lado. Gol da Chapecoense!

No segundo tempo, os atletas da casa voltaram mais tranquilos em campo. Em um jogo bastante equilibrado, houve duas boas chances com Potita antes dos 15 minutos. O torcedor gostou do que viu. A torcida verde e branca chegou a gritar ‘olé’ por duas vezes.

O jogo não mudou a posição dos adversários no campeonato e foi tratado como comemorativo para as duas equipes. De qualquer forma, o torcedor dos Verdões saiu feliz com que viu em campo. No ano que vem, os dois voltam a se encontrar na Série A do Campeonato Brasileiro. 

Fonte Rede Com SC


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!